November 14, 2022

November 14, 2022

Pacto Mais participa do INOVA UNIESP 2022, evento universitário de inovação

Na última quarta-feira (09.11), a Pacto Mais participou do “Inova Uniesp”, evento gratuito realizado pela Uniesp Centro Universitário, que promoveu palestras e workshops relacionados às áreas do conhecimento vinculadas aos cursos da instituição.

A Pacto apresentou o “Talk sobre Visão Computacional a serviço da sociedade”, que mostrou o que há de novo no mercado de tecnologia referente ao uso de inteligência artificial. Para isto, contou com as participações de Castro Neto, CEO da Pacto, Emmanoel Monteiro, gerente de operações e tecnologia da Pacto Mais, e Dr. Herman Martins, professor coordenador do Pacto Labs - parceria que a empresa estabelece com universidades para atuar como um núcleo de pesquisa e inovação.

Visão Computacional: diferencial na formação

A temática central da palestra foi apresentada pelo professor e pesquisador Dr. Herman Martins, que destacou a relevância de falar sobre Visão Computacional no ambiente universitário.

“Conhecer sobre as técnicas e aplicações da Visão Computacional passa a ser um diferencial importante na formação de estudantes da área de informática e afins, pois o mercado tem enorme carência de profissionais com este perfil. Muitos sistemas de Visão Computacional estão inseridos no cotidiano da sociedade e passam por avanços contínuos. A  disseminação de conhecimentos sobre este tema no ambiente universitário funciona como um catalisador de novas oportunidades de inovação, além de estimular o estudo e as pesquisas sobre o assunto”, declara o professor.

O pesquisador ainda destaca que, para além dos alunos da área de tecnologia, profissionais de outras áreas do conhecimento podem ser beneficiados com a compreensão do que é a visão computacional. “Os estudantes da área de saúde, por exemplo, podem entender as técnicas da Visão Computacional como extremamente úteis no auxílio ao diagnóstico por imagem. Estudantes de Psicologia poderão perceber que o monitoramento visual de pacientes, de suas emoções, de sua atenção visual entre outros comportamentos, é passível de automação inteligente via técnicas de Visão Computacional“, afirmou.

Estar na universidade é estar no mercado de trabalho

Os produtos desenvolvidos pela Pacto Mais são utilizados pelos 2 dos 3 maiores grupos do mercado farmacêutico, a empresa atende cerca de 20% deste mercado. 

Com resultados tão significativos, é extremamente relevante que os universitários paraibanos tenham a oportunidade de conhecer uma empresa que tem origem no próprio estado e que tem alcance nacional. É isto que ressalta Emmanoel Monteiro, gestor de TI da Pacto.

“A presença da Pacto Mais no Inova da UNIESP, apresentou aos estudantes o potencial de uma empresa genuinamente paraibana, com atuação em todo o Brasil e muitas oportunidades para aqueles que estiverem qualificados. Os estudantes apresentaram um interesse fantástico nos projetos desenvolvidos pela Pacto Mais e proporcionaram um debate intenso de ideias. Este foi só um start de ações que vão surgir dessa parceria”, destacou Emmanoel.

Inspirar e cativar

Para Castro Neto, CEO da Pacto, participar deste evento é resultado de uma estratégia da empresa que visa impactar o aluno de duas formas: fazê-lo enxergar que é possível ser da Paraíba e ter um alcance em todo o país, e cativá-lo a querer ser parte da empresa.

"Foi um grande evento, tratamos de um tema que, dentro da área de TI, é complexo, mas pudemos contar com uma excelente participação dos alunos. Queremos incentivar a coragem de empreender, mostrar que é possível, como também motivá-los a trabalharem em uma empresa que é daqui e tem alcance no Brasil inteiro", declarou.

Busca constante por inovação e conhecimento

A Pacto entende a importância de ocupar a academia, pois sabe que este é o ambiente onde o conhecimento e a sede por inovação são pulsantes.

"Queremos nos aproximar cada vez mais das academias, participar mais do cotidiano do aluno, para que ele seja impactado e se interesse pela Pacto Mais. Um dos nossos objetivos é inserir demandas da empresa dentro das disciplinas para que o aluno pratique disciplina e execute teste no nosso software. Isto é uma forma de gerar desafio real, de incrementar disciplina, do aluno conhecer a empresa e, de repente, dele se sentir motivado a trabalhar na empresa”, afirmou Castro.

Pacto Labs

A Pacto Mais está conectada ao ambiente estudantil e, visando promover o incentivo à pesquisa, contribuir na geração de conhecimento técnico e fortalecer o mercado paraibano, desenvolveu o Pacto Labs, que tem como foco extrair da academia o melhor que ela tem e transformar isso em resultado prático. É uma iniciativa que conta com o apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).

Recomendações de leitura